23 de setembro

Sala de descompressão, o que é e como criar uma

O ambiente corporativo tem se modificado nos últimos anos. Existe uma tendência para que os escritórios acinzentados, em que cada funcionário fica isolado em um cubículo, se torne peça do passado — e essa tendência tem tudo a ver com o tema deste artigo: a sala de descompressão.

A sala de descompressão está ligada à ideia de que precisamos de ambientes mais dinâmicos para conseguirmos nos desligar um pouco do trabalho e descansarmos, pois o descanso é fundamental para que recarreguemos as energias para as novas atividades. 

Acontece que a pandemia alterou um pouco esse conceito, trazendo um dilema: com o trabalho remoto, é preciso que tenhamos uma sala de descompressão em casa? Vamos refletir juntos sobre esse tema?

Sala de descompressão: relaxar para produzir mais 

Até o começo dos anos 2000, quando pensávamos em um ambiente altamente produtivo, é provável que imaginássemos uma sala fechada, com decoração em tons escuros e um funcionário exausto, trabalhando horas a fio. 

Contudo, hoje essa imagem está mudando. As empresas de tecnologia, como Google e Facebook, adotaram modelos diferentes para garantir a produtividade dos seus colaboradores. 

As salas de descompressão são espaços usados para os funcionários descansarem e relaxarem. São muitas as vantagens, além de ajudarem o colaborador a recarregar as baterias, esses ambientes contribuem para que o indivíduo se sinta mais valorizado pela empresa — evitando que ele se aborreça com o seu trabalho. 

Projetando uma sala de descompressão 

Para criar o ambiente ideal, a equipe de arquitetura deve avaliar cuidadosamente as atividades desempenhadas pelos funcionários, evitando olhar apenas para a atividade principal do negócio. 

Vale a pena conversar com o time de Recursos Humanos, com o objetivo de entender as principais queixas dos funcionários, motivos de atestados médicos etc. 

Se há uma queixa recorrente de cansaço, pode ser interessante criar um espaço para que essas pessoas descansem, buscando móveis como espreguiçadeiras, poltronas etc. 

Se os gestores costumam reclamar que os funcionários não agem como um time, a sala pode incentivar o estreitamento dos laços, recorrendo a videogames e jogos, como sinuca. 

É claro que essas atividades precisam estar de acordo com a rotina da empresa, pois ter uma sala de descompressão que nunca pode ser usada, pois os horários de trabalho impedem isso, pode ser frustrante.

Por fim, outra dica é respeitar a cultura da companhia. Se você está projetando um espaço para uma marca mais tradicional, uma sala com jogos eletrônicos pode não ser uma boa ideia.

Escolhendo os móveis para a sala de descompressão 

Se o objetivo for descansar, você pode recorrer às poltronas, pufes e espreguiçadeiras. Note que não citamos camas, pois o funcionário não poderá dormir profundamente. Ele descansará por um período breve. 

Ao mesmo tempo, esses móveis são mais fáceis de limpar, exigindo menos esforço do time de limpeza. Para o descanso, é fundamental aliar a iluminação com as cores dos móveis. É preciso reduzir os estímulos. Luzes amenas e móveis em tons claros podem ser uma saída elegante e eficiente. 

Agora, se o objetivo for estimular e divertir as pessoas, as cores devem ser vivas. Os móveis podem ser mais modernos, em alguns casos com estampas abstratas. Tudo deve ser feito para que as pessoas tenham a criatividade estimulada, sentindo-se motivadas. Mesas de jogos, cadeiras e mesas para bate-papo são bem-vindas!

Existem ainda as salas de filmes. São salas escuras em que os funcionários podem assistir às suas séries e filmes prediletos. Nesse caso, os pufes são a saída mais indicada, pois dão conforto aos visitantes e são menos invasivos que os sofás, que obrigam a aproximação entre os colegas. 

Home Office e o espaço de descompressão em casa 

A pandemia transformou quartos e salas em escritórios. No começo, essa ideia não pareceu ruim, mas, na prática, ela fez com que perdêssemos espaços de descanso — e isso é ruim para a nossa saúde. 

Antes de pensar em uma sala de descompressão para um imóvel, é preciso definir os espaços para trabalho. Dessa forma, os ambientes que já existem, como a sala de estar, a cozinha, a varanda e o jardim já podem cumprir o papel de relaxar esse morador que vive e trabalha no mesmo endereço. 

É claro que isso varia de acordo com a planta de cada casa. Dependendo do estilo do imóvel, pode ser uma boa ideia dar uma redecorada na sala de estar, fazendo com que ela cumpra esse papel de trazer descanso visual e mental para o morador. 

Nem sempre as pessoas percebem, mas a arquitetura vai criando os espaços ideais para as novas demandas do mundo. Neste momento, temos que criar ambientes que estimulem a produtividade e a criatividade, mas que não esgotem ou adoeçam as pessoas. 

O conceito de sala de descompressão atende a essas demandas. As demandas do mundo corporativo do século 21. 

Se você quer se manter sempre atualizado sobre as novidades em decoração, assine nossa newsletter!

Agência WX
por Agência WX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *