06 de setembro

Painel ripado de MDF: saiba utilizar essa tendência nos projetos

A madeira é um dos elementos naturais mais versáteis, podendo ser explorada de diversas formas e finalidades. Por isso, é amplamente usada na arquitetura e decoração de interiores, principalmente, como revestimento e mobiliário. Uma das possibilidades de uso, que está ganhando cada vez mais destaque, é o painel ripado de MDF.  

A madeira ripada é uma das maiores tendências de decoração. Um dos motivos é a versatilidade desse recurso, que pode ser aplicado em móveis para todos os ambientes. Outro fator que faz dele um queridinho no décor é o efeito estético incrível que proporciona, totalmente atemporal e fácil de combinar. 

Como a madeira trás aconchego e vida para os ambientes, explorá-la na forma de painéis ripados de MDF é uma alternativa para agregar mais design e sofisticação a esse elemento tão requisitado. Continue a leitura e descubra como tirar o melhor dessa tendência nos projetos! 

Características do painel ripado 

O painel ripado pode ser feito de diferentes maneiras. Basicamente, o painel é caracterizado por filetes (ripas) de madeira intercalados com frisos horizontais ou verticais. As ripas podem ser fixadas ou coladas em um painel liso, ou feitas por meio de usinagem direto em um painel de MDF mais grosso. 

A espessura e largura das ripas e dos frisos também mudam bastante, dependendo do efeito estético e da proposta que se deseja trabalhar. Entretanto, recomenda-se fazer o painel com friso mínimo de 0,5 cm de largura e espessura, e largura das ripas acima de 1,5 cm. Essas medidas são importantes para facilitar a limpeza e evitar empeno. 

Em relação às cores, é possível encontrar painéis com múltiplas tonalidades, alternando de madeiras claras até mais escuras. Por fim, os painéis podem receber um grande leque de acabamentos, como fosco, acetinado, brilho, ou, quem sabe, com fitas de led embutidas nos frisos. 

Tudo depende do estilo que se procura! 

Como explorar o painel ripado de MDF em móveis e na decoração 

O painel ripado de MDF muda completamente a cara de um ambiente. As possibilidades de uso são praticamente infinitas, podendo ser aplicada em partes e detalhes de móveis, revestindo paredes e teto, dividindo ambientes para permitir passagem de luz e ar, ou criando um ponto de destaque em um determinado canto da casa. 

Exemplos de uso de painel ripado em móveis por ambiente: 

  • Cozinha: armários e bancadas
  • Sala: rack, painel de TV e estantes 
  • Quarto: cabeceira de cama e painéis de TV
  • Banheiro: armários, gabinete e divisória
  • Varanda: armários e bancadas

Como visto, o painel ripado de MDF é extremamente versátil, podendo ser trabalhado independentemente do estilo da decoração, já que ele consegue transitar por todos eles com harmonia. Além de visualmente elegante, por agregar volumetria, a madeira ajuda a deixar o ambiente mais aconchegante, proporcionando sensação de acolhimento e contribuindo no isolamento acústico. 

Móveis que necessitam de ventilação, como home de TV ou adegas, combinam super bem com o painel ripado, pois ele permite que o ar circule com facilidade. Da mesma forma, ele é eficiente para melhorar a conectividade de aparelhos que dependem de sinal wi-fi ou infravermelho. 

Por fim, a durabilidade da matéria-prima é outro chamariz do painel ripado de MDF. Com exceção da limpeza, que se faz necessária em qualquer superfície, ele não exige nenhuma outra manutenção mais complicada. Portanto, se a ideia é trazer mais estilo e versatilidade para o espaço, esse recurso é indicado.

Assine nossa newsletter e receba mais dicas e tendências de decoração! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *